29 de novembro de 2010

Ainda Bem - Vanessa da Mata


Foto: olhares.com


Ainda bem
Que você vive comigo
Porque senão
Como seria esta vida?
Sei lá, sei lá
Se há dores tudo fica mais fácil
Seu rosto silencia e faz parar...


Meus beijos sem os seus não dariam
Os dias chegariam sem paixão
Meu corpo sem o seu uma parte
Seria o acaso e não sorte...
Que sorte a nossa hein?
Entre tantas paixões
Nosso encontro
Nós dois, esse amor.
Tadeu

26 de novembro de 2010

Sádhana Yoga



Sádhana Yoga - Rua das Graças,178 - Recife - Pe  fone- 3077-3707

Yoga é um substantivo masculino da língua sânscrita que significa união. Consigo mesmo, com os demais Seres e com o Absoluto.  Yoga também é uma antiga prática dos povos que viveram às margens do Rio Hindus.

Pratiquei yoga por aproximadamente 1 ano, além de me deixar mais tranquila e em equilibrio, me ajudou muito na postura e na saúde como um todo.  Ontem visitei o Sádhana Yoga à trabalho, e fiquei deslumbrada com o ambiente bonito e cheio de boas energias, tudo conspira para a paz e a alegria.

Aulas em vários horários, desde das 6:30 ou 20h.

Ah! Meditação todas as sextas 6h e 17h - Levar apenas 2 quilos de alimentos.

23 de novembro de 2010

1ª Carta


De todas as alegria de hoje, nenhuma foi capaz de substitui o prazer imenso de ver a primeira carta da minha sobrinha Eduarda - 4 anos.  Ela falou: "Vou escrever uma carta para papai noel" e depois de alguns minutos, já na hora de ir para a escola, nos trouxe esse presente.  O maior de todos,  a leitura.

Não consegui me conte de tanta alegria, e com meu bocão, fiz um estardalhaço.

Esse foi o maior presente de natla que papai noel já nos deu. Eu te amo!

Da sua tia, Leide

Circo

Ilusão - Um Ensaio Melodramático Circense.



Gente, acesse o link acima e programe sua diversão.

Postado por Taxilunar

19 de novembro de 2010

Apadrinhar






PaParticipe da nossa rede de blogs e ajude a espalhar a ideia do apadrinhamento. Escreva paraespalheessaideia@fundocristao.org.br e receba o selo da campanha e os posts que faremos simultaneamente. Siga o @fundocristao no twitter, retwitte este post, fale sobre o apadrinhamento com seus amigos. E para apadrinhar, acesse aqui.

Flores


Hoje eu recebi flores, uma amiga do 2° grau, Ana Emilia.  Lindas flores do campo, um sinal de frescor e pureza na linda amizade que dura há muitos anos, gosto demais dela e me senti com querida com esse gesto.

A vida vai nos dando sinais.  Todos os dias recebemos coisas, sejam objetos, palavras grosseiras, um abraço, um tapa... Diariamente sabemos como conduzir nossa vida e como escolher quem vai fazer parte dela por muitos anos.

Avida é Curta. Curta!

16 de novembro de 2010

Quem é ESSE?



A cada dia nos deparamos com figuras bem estranhas, juro, já fiquei na dúvida ao indentificar se um desses novos personagens era um homem ou mulher.

Será que ser autêntico não dá menos trabalho?

Só Você



Viver é realmente uma experiência arrebatadora.  Experimentar, é o que fazemos desde de sempre.  Somos infantis, por mimo, medo ou falta de alguma coisa, continuamos infantis. Somos piegas, insistentes, persistentes, teimosos, cegos, mudos, chatos...  e em alguns momentos felizes. Quando não estamos num momento feliz ficamos esperando uma mágica que dê sentido a nossa vida.

Humanos, capazes de tudo.   

Controlados pela nossa própria mente, pelo passado, pelo desejo, pela carência, pela alegria.  Nunca seremos livres, já que a liberdade também prende.

Rotulamos tudo e todos, e infelizmente não paramos para entender e descobrir a real essência de cada um, e quando o fazemos, descobrimos dentro do nosso padrão de visão, o bem e o mal, o que nos serve ou não.

Diante de tudo, é muito emocionante quando encontramos alguém que nos faz bem, e só me resta dizer...

Demorei muito pra te encontrar

Agora eu quero só você
Teu jeito todo especial de ser
Eu fico louca com você...

Te abraço e sinto coisas

Que eu não sei dizer
Só sinto com você...

Meu pensamento voa

De encontro ao teu
Será que é sonho meu?

Tava cansada de me preocupar

Quantas vezes eu dancei
E tantas vezes que eu só fiquei
Chorei! Chorei!

Agora eu quero ir fundo

Lá na emoção
Mexer teu coração
Salta comigo alto
E todo mundo vê
Que eu quero só você...

14 de novembro de 2010

Fax



Nunca vi um serviço tão caro quanto um simples e inofensivo fax. Pois é, em plena era da tecnologia digital, onde tudo meu é digitalizado e enviado por e-mail, fui forçada a procurar um fax aqui no meu bairro.  Uma ligação de telefone fixo para fixo, por R$ 2,50 a folha.

Iria pagar R$ 7,50 por uma ligação de aproximadamente 1 minuto, que normalmente custa R$ 0,36.  Acredite se quiser neste absurdo, o dono do equipamento deve achar que o povo é idiota. 

Deve ser por isso que se usa o termo: "Fui passar um fax", para outra atividade.

Ninguém merece

Sobre a Vírgula

Muito legal a campanha dos 100 anos da ABI (Associação Brasileira de Imprensa)



Vírgula pode ser uma pausa... ou não:


Não, espere.
Não espere...



Ela pode sumir com o seu dinheiro:


23,4.
2,34.



Pode criar heróis:


Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.



Ela pode ser a solução:


Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.




A vírgula muda uma opinião:


Não queremos saber.
Não, queremos saber.



A vírgula pode condenar ou salvar:


Não tenha clemência!
Não,tenha clemência!




Uma vírgula muda tudo...


ABI: 100 anos lutando para que ninguém mude uma vírgula da sua informação.

Detalhes Adicionais:






"SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA".


* Se você for mulher, certamente colocou a vírgula depois de MULHER...


* Se você for homem, colocou a vírgula depois de TEM...


Obrigada Lindo.

12 de novembro de 2010

Eternamente 7 Belo


Essa é minha bala preferida, eternamente e inesquecível 7 Belo.  Primeiro agradeço a Arcor que continua fabrincando com o mesmo cuidado e sabor de décadas atrás, e depois  ao meu namorado que trouxe hoje um saco inteirinho pra mim. Bem, você viu a minha cara, né?  Muito bom ser a lembrança de uma bala tão inesquecível, melhor, saber que em tão pouco tempo você já registrou uma das minhas preferências.

7 Belo acompanhou muitos momentos da minha vida, no meu carro sempre tem um em algum lugar.  Nos semáforos da  Av. Agamenom não falta essa delícia, embora venha acompanhada de um trabalho bem cansativo.   As balas são arrumada e seladas em saquinhos com 10 unidades, e colocadas nos retrovisores dos carros com um bilhetinho "para comover corações" e o valor de R$ 1,00.  

Debaixo desse sol escaldante, os vendedores correm pra lá e pra cá a cada 60 segundos, tempo médio até o sinal abrir.  7 Belo e Coffee estão lá, ajudando essa galera a ganhar o pão.

7 Belo Beijo Amor 


8 de novembro de 2010

Calem a boca, Nordestinos! Cuscuz Paulista


otimas-receitas.zip.net

Texto: José Barbosa Junior

A eleição de Dilma Rousseff trouxe à tona, entre muitas outras coisas, o que há de pior no Brasil em relação aos preconceitos. Sejam eles religiosos, partidários, regionais, foram lançados à luz de maneira violenta, sádica e contraditória.

Já escrevi sobre os preconceitos religiosos em outros textos e a cada dia me envergonho mais do povo que se diz evangélico (do qual faço parte) e dos pilantras profissionais de púlpito, como Silas Malafaia, Renê Terra Nova e outros, que se venderam de forma absurda aos seus candidatos. E que fique bem claro: não os cito por terem apoiado o Serra... outros pastores se venderam vergonhosamente para apoiarem a candidata petista. A luta pelo poder ainda é a maior no meio do baixo-evangelicismo brasileiro.

Mas o que me motivou a escrever este texto foi a celeuma causada na internet, que extrapolou a rede mundial de computadores, pelas declarações da paulista, estudante de Direito, Mayara Petruso, alavancada por uma declaração no twitter: "Nordestino não é gente. Faça um favor a SP, mate um nordestino afogado!".

Infelizmente, Mayara não foi a única. Vários outros “brasileiros” também passaram a agredir os nordestinos, revoltados com o resultado final das eleições, que elegeu a primeira mulher presidentE ou presidentA (sim, fui corrigido por muitos e convencido pelos "amigos" Houaiss e Aurélio) do nosso país.
E fiquei a pensar nas verdades ditas por estes jovens, tão emocionados em suas declarações contra os nordestinos. Eles têm razão!

Os nordestinos devem ficar quietos! Cale a boca, povo do Nordeste!

Que coisas boas vocês têm pra oferecer ao resto do país?

Ou vocês pensam que são os bons só porque deram à literatura brasileira nomes como o do alagoano Graciliano Ramos, dos paraibanos José Lins do Rego e Ariano Suassuna, dos pernambucanos João Cabral de Melo Neto e Manuel Bandeira, ou então dos cearenses José de Alencar e a maravilhosa Rachel de Queiroz?

Só porque o Maranhão nos deu Gonçalves Dias, Aluisio Azevedo, Arthur Azevedo, Ferreira Gullar, José Louzeiro e Josué Montello, e o Ceará nos presenteou com José de Alencar e Patativa do Assaré e a Bahia em seus encantos nos deu como herança Jorge Amado, vocês pensam que podem tudo?

Isso sem falar no humor brasileiro, de quem sugamos de vocês os talentos do genial Chico Anysio, do eterno trapalhão Renato Aragão, de Tom Cavalcante e até mesmo do palhaço Tiririca, que foi eleito o deputado federal mais votado pelos... pasmem... PAULISTAS!!!

E já que está na moda o cinema brasileiro, ainda poderia falar de atores como os cearenses José Wilker, Luiza Tomé, Milton Moraes e Emiliano Queiróz, o inesquecível Dirceu Borboleta, ou ainda do paraibano José Dumont ou de Marco Nanini, Bruno Garcia, Virgínia Canvendish, Tuca Andrada, todos pernambucanos.

Ah! E ainda os baianos Lázaro Ramos e Wagner Moura, que será eternizado pelo “carioca” Capitão Nascimento, de Tropa de Elite, 1 e 2.

Música? Não, vocês nordestinos não poderiam ter coisa boa a nos oferecer, povo analfabeto e sem cultura...

Ou pensam que teremos que aceitar vocês por causa da aterradora simplicidade e majestade de Luiz Gonzaga, o rei do baião? Ou das lindas canções de Nando Cordel e dos seus conterrâneos pernambucanos Alceu Valença, Dominguinhos, Geraldo Azevedo e Lenine? Isso sem falar nos paraibanos Zé e Elba Ramalho e do cearense Fagner...

E Não poderia deixar de lembrar também da genialidade baiana de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Gal Costa, Maria Bethania e da família Caymmi e suas melofias doces e baianas a embalar dias e noites repletas de poesia...

Ah! Nordestinos...

Além de tudo isso, vocês ainda resistiram à escravatura? E foi daí que nasceu o mais famoso quilombo, símbolo da resistência dos negros á força opressora do branco que sabe o que é melhor para o nosso país? Por que vocês foram nos dar Zumbi dos Palmares? Só para marcar mais um ponto na sofrida e linda história do seu povo?

Um conselho, pobres nordestinos. Vocês deveriam aprender conosco, povo civilizado do sul e sudeste do Brasil. Nós, sim, temos coisas boas a lhes ensinar.

Por que não aprendem conosco os batidões do funk carioca? Deveriam aprender e ver as suas meninas dançarem até o chão, sendo carinhosamente chamadas de “cachorras”. Além disso, deveriam aprender também muito da poesia estética e musical de Tati Quebra-Barraco, Latino e Kelly Key. Sim, porque melhor que a asa branca bater asas e voar, é ter festa no apê e rolar bundalelê!

Por que não aprendem do pagode gostoso de Netinho de Paula? E ainda poderiam levar suas meninas para “um dia de princesa” (se não apanharem no caminho)! Ou então o rock melódico e poético de Supla! Vocês adorariam!!!

Mas se não quiserem, podemos pedir ao pessoal aqui do lado, do Mato Grosso do Sul, que lhes exporte o sertanejo universitário... coisa da melhor qualidade!

Ah! E sem falar numa coisa que vocês tem que aprender conosco, povo civilizado, branco e intelectualizado: explorar bem o trabalho infantil! Vocês não sabem, mas na verdade não está em jogo se é ou não trabalho infantil (isso pouco vale pra justiça), o que importa mesmo é o QUANTO esse trabalho infantil vai render. Ou vocês não perceberam ainda que suas crianças não podem trabalhar nas plantações, nas roças, etc. porque isso as afasta da escola e é um trabalho horroroso e sujo, mas na verdade, é porque ganha pouco. Bom mesmo é a menina deixar de estudar pra ser modelo e sustentar os pais, ou ser atriz mirim ou cantora e ter a sua vida totalmente modificada, mesmo que não tenha estrutura psicológica pra isso... mas o que importa mesmo é que vão encher o bolso e nunca precisarão de Bolsa-família, daí, é fácil criticar quem precisa!

Minha mensagem então é essa: - Calem a boca, nordestinos!
Calem a boca, porque vocês não precisam se rebaixar e tentar responder a tantos absurdos de gente que não entende o que é, mesmo sendo abandonado por tantos anos pelo próprio país, vocês tirarem tanta beleza e poesia das mãos calejadas e das peles ressecadas de sol a sol.

Calem a boca, e deixem quem não tem nada pra dizer jogar suas palavras ao vento. Não deixem que isso os tire de sua posição majestosa na construção desse povo maravilhoso, de tantas cores, sotaques, religiões e gentes.

Calem a boca, porque a história desse país responderá por si mesma a importância e a contribuição que vocês nos legaram, seja na literatura, na música, nas artes cênicas ou em quaisquer situações em que a força do seu povo falou mais alto e fez valer a máxima do escritor: “O sertanejo é, antes de tudo, um forte!”

Que o Deus de todos os povos, raças, tribos e nações, os abençoe, queridos irmãos nordestinos!

Metade de minha familia é do nordeste. Para ser mais especifico, de Recife, Pernambuco. Povo sofrido, esquecido propositadamente pelos politicos do sul e sudeste, que transformam a região em curral eleitoral. Mas o sofrimento não tira do nordestino o principal: seu CARÁTER e sua MORAL. Povo inteligentissimo e firme em suas convicções, e, apesar de todas as dificuldades não esmorece. De minha familia tenho advogados, agronomos, fiscais da receita federal e de alfândega, diretores de estatais, comerciantes, doutores, e a lista vai longa.

Infelizmente o racismo ou o regionalismo aparece quando o incompetente, o mediocre e sem talento, vê ameaçado o seu "mundinho" por alguem que ele considera como "nada" devido a sua arrogância e comodismo - 
"pobre menino[a] rico do sul - depende totalmente do papai e da mamãe".

Que o Senhor Jesus continue abençoando o povo nordestino e também do norte do país, para que produza cada vez mais frutos que movam a sociedade e a cultura desta nação!

Fonte: Autor José Barbosa Junior / Crer é Pensar - via Blog do Hermes Fernandes

4 de novembro de 2010

Dia de Festa

O bolo que escolhi, muito mais pela delícia do conteúdo.

Eu não sei o seu, mas o dia do meu aniversário me deixa muito eufórica, ele funciona mais ou menos como o réveillon.
 Os anos, ao contrário de quem conta a idade,  são a contagem regressiva do meu futuro, do que eu desejo conquistar daqui a 1, 5, 10 anos,  Sem falar que acaba sendo também um termômetro do meu passado, das marcas que deixei por onde andei, uma pesquisa boca de urna  percentuando a preferência, o ibope.
Um dia marcado pra ouvir bons desejos, para atender muitas ligações, pra ouvir a voz de uma pessoa que liga de ano em ano, para saber que os mais envergonhados usam a desculpa do meu aniversário para dizer o quanto me querem bem, ou simplesmente para me abraçarem e beijarem.

Seja qual for a desculpa, no dia do meu aniversário eu não consigo fazer nada. 

2 de novembro de 2010

O Poder da Gentileza

Infelizmente, a sardinha está do meu lado...


:: Rosana Braga :: 

Para quem escreveu um livro sobre O poder da gentileza, nada mais providencial do que pesquisas e comprovações sobre os benefícios que esta postura pode trazer à vida de quem a pratica. No entanto, desta vez, as provas recaem justamente sobre os desastrosos malefícios que a falta de gentileza tem provocado - e cada vez mais - na vida de milhares de pessoas em todo o mundo.

Que o estresse é o grande vilão da nossa saúde, não é de hoje que sabemos. E que a falta de gentileza e a impaciência são as maiores e mais recorrentes disparadoras do estresse, também não é difícil de entender. Afinal, falta de gentileza gera falta de gentileza que gera irritação, mau-humor, desentendimentos, insatisfações, frustrações, raiva, depressão, tristeza e, por fim, uma dose cavalar do tal vilão!

E depois de algumas semanas, meses ou anos neste ritmo, o diagnóstico é quase óbvio! Especialistas como médicos, psicólogos e estudiosos do comportamento humano não se cansam de explicar os estragos que um organismo desequilibrado pelo estresse pode causar no nosso corpo, mente e emoções.

Níveis constantemente alterados de neurotransmissores como a serotonina e de hormônios como o cortisol já seriam suficientes para desencadear uma série de desgastes capazes de culminar em doenças que vão desde hipertensão, passando pelas cardiovasculares, causadoras do AVC, infarto, entre outros, até os diversos e temidos tipos de câncer.

Porém, antes de se manifestar como doença física, a falta de gentileza gera ansiedade e angústia suficientes para fazer com que nos sintamos cansados, pesados, desanimados, enfim, sem entusiasmo e aquela vontade de viver típica das pessoas felizes! Ou seja, falta de gentileza é sinônimo de infelicidade!

E é por essas e outras que me dediquei a revisar e ampliar o livro que, felizmente, já conquistou mais de 25 mil pessoas pelo Brasil afora. Inclusive, também já recebi depoimentos de leitores que moram fora do Brasil e que estão aderindo ao movimento proposto por José Datrino: Gentileza gera Gentileza.

O melhor disso tudo é que a escolha é sua! É você quem decide se sua vida vai continuar medíocre (nível médio - nem tão ruim, mas nem tão bom) ou se vai começar agora a conhecer melhor do que se trata essa poderosa ferramenta chamada Gentileza! É você quem decide se vai continuar alimentando a intolerância ou se vai, a partir de hoje, presentear a si mesmo com um ato de gentileza por dia.

Em vez de acreditar em mim, convido você a experimentar! No meu livro O PODER DA GENTILEZA detalhei várias atitudes muito simples e gostosas que podem transformar completamente os seus dias e os seus relacionamentos, sejam os amorosos, profissionais ou sociais. E depois de constatar as incríveis mudanças e os resultados maravilhosos por conta da sua gentileza, não se esqueça de me escrever para contar. E estaremos juntos no Movimento Mundial pela Gentileza!